Renato Augusto se manifesta sobre rescisão com o Beijing (CHI) - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

Renato Augusto se manifesta sobre rescisão com o Beijing (CHI)

Foto: Agência Corinthians

O meia Renato Augusto se manifestou sobre a demora na rescisão contratual com o Beijing (CHI), clube onde atuava na China e que não paga os vencimentos há cinco meses. O ex-corinthiano disse que não sabe quando finalmente ficará livre no mercado para fechar com o Corinthians.



"A resposta foi que ele ainda não sabe quando vai ocorrer a rescisão. O Beijing quer renovar por mais dois anos e o Renato não quer", disse Nicola.

A equipe chinesa mostrou interesse na renovação de contrato de Renato Augusto nas últimas horas, prontamente recusada pelo meia e seu staff. O jogador, inclusive, deu a palavra ao Corinthians que retornará ao Parque São Jorge e tenta a rescisão amigável. Caso não consiga, o meio-campista pode até acionar a Fifa.



E O ROGER GUEDES?

Apalavrado com o Corinthians assim como Renato Augusto, o atacante Roger Guedes também tenta rescindir o contrato no futebol chinês e vive momentos de apreensão por conta do impasse com o Shandong Luneng (CHI). Ele não recebe salários há três meses.

Em contato com o GE nesta segunda-feira (19), ao contrário do que está sendo dito nas últimas horas pela imprensa, o empresário afirma que Roger não fechou com nenhuma equipe e que vai ouvir os interessados apenas quando ficar livre no mercado.

"Estamos em conversas com o Shandong sobre a rescisão, já que o atleta não consegue entrar no país por conta da pandemia e está só treinando há sete meses. O Roger é um grande jogador, foi campeão brasileiro (pelo Palmeiras, em 2016), jogou muito no Atlético-MG, foi vendido e tem só 24 anos. Ele é muito jovem para não estar competindo. Quando ele estiver livre, ouviremos os clubes interessados", disse Paulo Pitombeira.





VEJA MAIS


COMPARTILHE A NOTÍCIA: