Sylvinho não aceita gol do Atlético-GO; Barroca rebate - É o Time do Povo - Notícias do Corinthians
2

Sylvinho não aceita gol do Atlético-GO; Barroca rebate

Foto: Divulgação

O técnico Sylvinho concedeu entrevista coletiva após o empate em 1 a 1 diante do Atlético-GO, fora de casa, pelo Brasileirão, e se mostrou insatisfeito com a arbitragem da partida que validou gol irregular do clube goiano mesmo após a interferência do VAR.



Na visão de Sylvinho, o atacante Roger Guedes foi impedido de disputar a jogada pelo jogador atleticano que se encontrava em posição irregular no momento do gol.

"Nossa insatisfação é com o resultado. Jogo de entrega e luta, parte física, buscando o resultado. Jovens crescendo. Gol e qualidade do GP. Eu tenho uma opinião. Tem uma interferência. Uma bola que viaja a 80km/h, o adversário 1,5 m na tua frente, como não tem interferência? Vejo assim, sei que as coisas são velozes. Tira tua reação. Cada um toma a reação que precisa ser tomada", disparou Sylvinho.



O técnico Eduardo Barroca, do Atlético-GO, não entende assim. Na visão do ex-comandante da base corinthiana, o empate foi justo.

Na minha visão, um jogo muito competitivo dos dois lados. Com números muito parecidos em todos os indicativos de definição da partida. Posse de bola, finalizações…até escanteios. Um jogo muito equilibrado que, na minha visão, o empate acabou sendo justo pelo o que o jogo se desenhou. Duas equipes que competiram muito e jogaram no seu limite. Da parte do Atlético, mais uma vez, muita dedicação dos jogadores, muito empenho, coletividade… Obviamente a gente joga e se prepara sempre para vencer, mas hoje jogamos mais uma vez próximo do nosso limite e empatamos contra uma equipe grande, de investimento, que tem bons jogadores e bom treinador, vem de um bom momento assim como a gente. Entendo que o resultado acabou sendo justo", opinou Barroca.



VEJA MAIS


COMPARTILHE A NOTÍCIA: